ULTIMAMENTE, COMO TENS FALADO CONTIGO?

0
257

Quando olhas para a tua imagem no espelho, o que te dizes?

Quando vestes aquela roupa que tanto gostas, o que te dizes?

Quando comes um doce ou um salgado que “não devias comer”, o que te dizes?

Que tipo de conversas tens contigo? Conversas que te deixam animada, cheia de motivação, com mais foco e determinação no teu processo de emagrecimento ou conversas que te deixam triste e desanimada, sem vontade de fazer o que quer que seja para emagrecer?

É muito importante perceberes que tipo de conversas tens contigo na maior parte do teu dia. Essas conversas vão influenciar a forma como te sentes sobre ti, sobre o teu emagrecimento e sobre a tua vida. Consequentemente, os teus comportamentos vão estar alinhados com a forma como te sentes. Vamos desconstruir um pouco.

Quando olhas para a tua imagem no espelho, o que te dizes?

  • Se os pensamentos que te surgem são parecidos a:

“Não gosto nada da minha barriga. O meu estômago está super inchado. Não estou bonita nem sexy. Estou horrível. Não gosto do meu corpo.”

Começa por perceber que estes pensamentos estão a acontecer de forma automática. A tua mente já se habituou a este padrão e sempre que te vês ao espelho são estes pensamentos que vão surgir.

Como consequência, sentes-te em baixo, desmotivada e triste com a imagem que vês ali à tua frente. Sentires-te assim não te dá força nem garra para seguires em frente, em direção aos teus objetivos de emagrecimento, pois não? Então é preciso mudar já esses pensamentos que não estão a ajudar-te a avançar.

Na próxima vez que olhares para ti no espelho, experimenta dizer-te:

“Quero sentir-me melhor no meu corpo, por isso, vou começar já hoje a fazer algo para que isso aconteça. Não gosto do que vejo, mas sou grata por tudo o que o meu corpo faz por mim, por isso, também quero fazer o melhor possível por ele. Já hoje! Já, agora!”

Quando vestes aquela roupa que tanto gostas, o que te dizes?

  • Se os pensamentos que te surgem são parecidos a:

“Já nada me serve. Nenhuma roupa me assenta bem. Não há nenhuma roupa que me fique bem e me faça sentir bonita.”

É natural que, se o teu corpo mudou, as tuas roupas do passado já não te assentem bem. Mas isso não quer dizer que não te possas sentir bonita com a roupa que vestes atualmente. Procura encontrar o equilíbrio entre a roupa que te serve e a que te faz sentir confiante. Tranquilamente, sem julgamentos. A roupa que vestes, tem realmente um impacto muito forte na forma como te sentes e na confiança que apresentas, a ti mesma e a quem te rodeia. Esta confiança vai ajudar-te a fazeres as mudanças que precisas de fazer para conquistares o emagrecimento que procuras.

Quando comes um doce ou um salgado que “não devias comer”, o que te dizes?

  • Se os pensamentos que te surgem são parecidos a:

“Como é que vou emagrecer se como o que não devo? Porque é que comi isto? Assim nunca mais consigo emagrecer. Agora paciência, vou comer tudo a que tenho direito. Amanhã compenso.”

Estes pensamentos misturam aqui muitos temas: proibições alimentares, culpa, arrependimento, desmotivação, desânimo, foco, determinação, desesperança… Tudo começa por libertares-te das proibições alimentares. Trocares o “não posso/não devo” pelo “não quero” ou “quero” conscientes e alinhados com os teus objetivos de emagrecimento. O empoderamento que esta troca de palavras te dá, faz toda a diferença no modo como vês a comida, no modo como vês o teu emagrecimento, no modo como te vês a ti em todo o processo. Isto vai impulsionar-te a tomares as rédeas da tua vida e a avançares, passo a passo, em direção ao que realmente é importante para ti.

 

Lembra-te: Não te adies mais. Faz o que precisa de ser feito para chegares onde queres chegar.

Vem saber mais sobre a minha Academia EmagreSer e o meu trabalho com Mulheres que se transformaram, sem dietas e sem truques em www.monicapetrides.com

Um beijinho,

  Mónica Petrides✿ –  Terapeuta de Emagrecimento

Pára de sabotar o teu emagrecimento.

Emagrece sem dietas!

Ouve o meu Podcast no Spotify

Segue-me no Facebook

Segue-me no Instagram

www.monicapetrides.com

ola@monicapetrides.com