Transporte as crianças em segurança

0
73
Happy kids looking out the car window

Segundo a Organização Mundial de Saúde, em crianças a partir do primeiro ano de vida e até aos 15 anos, os acidentes rodoviários constituem a primeira causa de morte, com maior incidência nos passageiros de veículos automóveis

Por isso, há que prevenir

A prevenção rodoviária para crianças deve estar presente de cada vez que um adulto pega num carro com um menor lá dentro. Neste regresso às aulas, deixamos algumas informações úteis transmitidas pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres.

Tenha sempre presente que o seu filho precisa de atenção especial sempre que viaja. Mesmo que sejam viagens de curta distância, deverá adotar comportamentos e atitudes no sentido de fomentar a prevenção rodoviária infantil.

As crianças devem viajar sempre com o cinto de segurança corretamente colocado e com sistema de retenção adequado ao seu peso e idade, mesmo em trajetos curtos.

Ao contrário do que possa pensar, o colo do adulto é o lugar mais perigoso para transportar uma criança. Em caso de acidente existirá um grande risco de projeção e de ferimentos graves ou, em casos mais severos, mesmo mortais.

De forma a proteger as crianças, procure saber qual o sistema de retenção mais adequado para o seu filho. Enquanto ocupante de uma viatura, todas as crianças devem ser transportadas, desde o nascimento e até aos 12 anos (se tiverem menos de 1,5 m de altura), em sistemas de retenção adaptados às suas idades e pesos.

As crianças devem ser transportadas sempre no banco traseiro, exceto com menos de 3 anos, neste caso poderão ser transportadas no banco dianteiro, com um sistema de retenção adequado e voltado para a retaguarda, sempre com o airbag desligado.

Sistemas de retenção 

As cadeiras auto não devem ser vistas como meros acessórios, mas sim como um elemento essencial na prevenção rodoviária infantil.

TIPOS DE CADEIRAS AUTO:

Grupo 0 (até aos 10 kg) – devem ser colocadas no banco traseiro;

Grupo 0+ (até aos 13 kg) – usadas no banco dianteiro voltadas para a traseira e sempre com o airbag desligado;

Grupo I (dos 10 aos 18 kg) – devem ser colocadas no banco traseiro;

Grupo 0+/I – usadas no banco dianteiro voltadas para a traseira, mas só até aos 3 anos;

Grupo II (dos 15 aos 25 kg) – devem ser colocadas no banco traseiro usando os cintos de segurança de três pontos;

Grupo III (dos 22 aos 36 kg) – para crianças a partir dos 7 anos e com menos de 1,5 m é recomendado a utilização de um banco elevatório para permitir uma correta utilização do cinto de segurança que deverá estar bem assente sobre o ombro.

Se excederem os 36 kg de peso, deverá utilizar o banco elevatório e o cinto de segurança de forma a garantir a segurança adequada à criança.