Regras Para Uma Gravidez Saudável!

0
896

Para uma gestação tranquila e saudável, há cuidados que não devem ser descurados.

Saiba quais são!

Desejar um bebé e planear a gravidez é a combinação perfeita para um futuro feliz e risonho. E foi precisamente a pensar no bem-estar da mãe e da criança que elaborámos dicas importantes sobre a maternidade que deve seguir e que vão fazer toda a diferença.

1. Adote uma vida saudável

Manter uma alimentação rica e variada, com ingredientes naturais (vegetais, carnes, peixes, ovos…), e menos alimentos processados, é fundamental para uma gravidez saudável. Lembre-se que é através da mãe que o bebé recebe todos os nutrientes de que necessita.

2. Pratique exercício físico

Praticar exercício físico antes e durante da gravidez é extremamente benéfico para a saúde da grávida. Além de contribuir para a melhoria da sua capacidade cardiovascular, de fortalecer os músculos e de promover uma sensação de bem-estar, fortalece a sua condição física geral durante a gravidez e prepara-a para o parto. Paralelamente, não fume e não consuma bebidas alcoólicas. Tais hábitos afetam o feto.

3. Cuidado com a ingestão de fármacos

Aconselhe-se, sempre, com o seu médico relativamente a medicamentos, mesmo os de venda livre. Jamais decida sozinha o que deve, ou não, tomar.

4. Viva uma vida tranquila

O aumento da ansiedade e do stresse provocam perturbações graves no sono, o que pode prejudicar a saúde do organismo, além de interferir na ovulação e na capacidade de engravidar. Esforce-se para ter uma vida tranquila e serena e garanta que tudo corra bem. 

5. Faça análises prévias à gravidez

Determinar o grupo sanguíneo, confirmar se as vacinas estão em dia, fazer o rastreio do cancro do colo do útero e prevenir e/ou controlar doenças já existentes, como por exemplo, hipertensão ou diabetes, é importante para cuidar da saúde do bebé.

 O pós-parto

Depois do parto, quer tenha sido um parto vaginal ou cesariana, há um período de internamento no serviço de obstetrícia. Estes dias são importantes, em termos de recuperação da mãe e vinculação com o bebé. Além disso, é nestas alturas que médicos e enfermeiros procedem aos esclarecimentos para o regresso a casa: os cuidados de higiene com o bebé e a mãe, a amamentação, as vacinas, entre outras.

POR:  Olga Santos_ Ginecologista /obstetra/ Infertilidade