EM PAZ COM O CORPO, VIVER BEM E MELHOR

0
177

Quem conhece a sensação de viver na posse do seu corpo, experimenta em cada momento o prazer de se sentir leve e cheio de energia, o que permite beneficiar de um bem-estar generalizado que não depende do passar dos anos. Nós mulheres, que também somos mães e profissionais, precisamos de nos renovar em cada dia para aproveitar tudo o que nos foi dado viver.

Isabel Monteiro

Podemos dizer que o mundo que conhecemos nunca mais voltará a ser o mesmo pelas mais diversas razões e uma delas será, justamente, a forma como se passou a encarar a saúde física que é um fator decisivo em vários aspetos, em particular com a questão estética, nomeadamente no que diz respeito às mulheres. Desde logo, viver de uma forma saudável física, mas também psicologicamente, retarda o envelhecimento. De uma forma geral, nos dias que correm as mulheres aparentam não terem uma «idade» definida no sentido em que mantêm uma pele jovem por muitos mais anos, tal como um corpo flexível e bem cuidado, e tudo isto graças à grande qualidade dos produtos estéticos promovidos pelas indústrias farmacêuticas, cada vez mais especializadas na investigação da saúde e da beleza feminina. Por outro lado, também é cada vez mais comum recorrer a outras correntes tratamento do corpo e do espírito, por assim dizer. São porventura mais alternativas, mas têm séculos de existência. Nesta última perspetiva, em particular, o tratamento do corpo assenta, sobretudo, na prevenção da saúde, considerando-o como um «todo» e não dividido em fragmentos.

Alimentação saudável e muito exercício. Na abordagem clássica como na alternativa, a importância da alimentação é primordial. Assim sendo, e para começar, aconselha-se um programa de eliminação de toxinas acumuladas no corpo, com o intuito de «limpar» o organismo. Assim, aconselha-se evitar fritos, corantes e conservantes, a comer pouca carne e muitas hortaliças, beber sumos de frutas e vegetais. É de salientar a importância da qualidade dos alimentos que ingerimos. Hoje, cada vez mais frequentemente e em maior escala, predomina a cultura de consumir biológico, que veio para ficar. Se há uns anos era caro comprar produtos biológicos, dada a reduzida dimensão da quantidade de produtos, hoje está cada vez mais ao alcance de todos nós graças ao aumento substancial deste tipo de oferta. A procura passou a ser muito maior.

Outro passo importante na escolha de uma vida saudável é, como não podia deixar de ser, o exercício físico, e não se trata aqui de insistir na ida aos ginásios que proliferam em todos os lados. Tendo um papel decisivo na promoção da saúde, logo na beleza, o exercício físico orientado é sem dúvida um incentivo à promoção da saúde, mas nada substitui, verdadeiramente, o exercício físico ao ar livre ou aproveitando circunstâncias específicas, como por exemplo deixar de usar o elevador e passar a subir e a descer escadas, quanto mais ingremes, melhor. O mesmo acontece com a corrida ou simplesmente passear por toda a cidade, mas muito em particular á beira-mar, quando se tem a sorte de viver perto da praia.

Dança Frequente. Frequentar aulas de dança, é outro ponto relevante do programa do incentivo a saúde: inscreva-se em clubes ou grupos que se juntam regularmente para dançar, seja num bar, numa discoteca, numa sociedade recreativa ou onde for. Felizmente, hoje, as escolhas são múltiplas: pode aprender danças orientais como a do ventre, dança espanhola como sevilhanas ou flamenco, dança argentina como o tango, brasileira, cubana, clássica, moderna e muito mais. O importante é dançar, entregar-se à música e aos seus ritmos, relaxar o corpo e o espírito, de forma a desenvolver um sentido de harmonia e equilíbrio interior, que se refletirá, obrigatoriamente, no exterior.

Medicina Alternativa Chinesa. Conheça os benefícios desta medicina que, para além de tratar várias doenças, funciona como um poderoso instrumento de prevenção para a saúde e equilíbrio do seu corpo, sobretudo através de massagens, acupunctura e, mais uma vez, de alimentação saudável. Estas práticas têm o poder de desbloquear e redistribuir a energia que se condensa em certas áreas do corpo por via do stress. A medicina chinesa, mediante a estimulação dos meridianos, propõe-se drenar as toxinas acumuladas, de forma a eliminá-las. Os resultados, mais uma vez, costumam ser dramáticos no melhor sentido do termo, ou seja, sentirá a sua energia renovada, a sensação de se tornar leve e de habitar plenamente o nosso corpo.

Psicoterapias corporais

Fruto das pesquisas de William Reich, psicanalista e médico austríaco, e posteriormente aperfeiçoadas por outros psicólogos ao longo dos tempos, as psicoterapias corporais ajudam, segundo a opinião de especialistas nestas áreas, a desbloquear emoções negativas ditas presas ou «congeladas», que provocam bloqueios na circulação de energia que, supostamente, se diz circular no nosso corpo. Estas praticas assentam no pressuposto de que desenvolvemos padrões de comportamento e que estes se revelam na postura corporal. O mesmo é dizer que o excesso de peso, a magreza e a secura, uma postura de resignação ou excessivamente rígida, exibir um olhar ausente, angustiado ou compulsivo, mãos sem vida e sofrer de uma sensação geral de dormência são posturas e sinais corporais que falam por si. Como o nome indica, a Psicoterapia Corporal supostamente ajuda a tomar contato com as emoções que trazemos dentro de nós, acumuladas algures, e a ter consciência do corpo, através de massagens que diluem os bloqueios causados pela dor.