O PAPILOMAVIRUS HUMANO (HPV) E A IMPORTÂNCIA DA VACINAÇÃO

0
489

O que é um VIRUS?

São pequenos seres parasitas formados por uma cápsula proteica e que necessitam de células hospedeiras parasse reproduzirem.

Utilizam os organelos dessas mesmas células para se replicarem provocando a destruição das mesmas.

Como se transmite o vírus HPV?

O vírus HPV é transmitido por via sexual.

Nos últimos anos os padrões sexuais mudaram substancialmente, nomeadamente no que diz respeito ao número de parceiros, à idade da primeira relação sexual e as práticas sexuais específicas.

Que doenças podem causar o vírus HPV?

– Lesões pré-cancerosas dos genitais femininos e masculinos, assim como anais e da orofaringe;

– Cancro genital feminino (colo do útero, vagina e vulva);

– Cancro do pénis;

– Cancro do ânus;

– Cancro da orofaringe.

Tanto nos homens como nas mulheres, o risco de infecções genitais por HPV ao longo da vida é de 70-80%.

Em cada ano, a nível mundial, o número de casos de cancro (tracto genital feminino, orofaringe, pénis e ânus) atribuídos ás infecções por HPV é de cerca de 630 mil, dos quais 10% são diagnosticados em homens.

O número de casos de cancro do pénis tem vindo a aumentar nos últimos 20 anos.

O cancro da orofaringe entre homens e mulheres já ultrapassou o número de cancros do colo do útero, com um número superior de casos entre os homens.

O número de casos de verrugas genitais aumentou 9 vezes mais nos últimos 40 anos tanto em homens como em mulheres.

Como evitar?

Mais uma vez, nunca sendo demais chamar a atenção para o uso e abuso do preservativo, que ajuda prevenir várias infecções sexualmente transmissíveis (IST).

No caso do vírus HPV temos também a vacina.

O que é uma vacina?

Uma vacina é uma preparação de Antigéneos (partículas proteicas estranhas ao organismo), que podem ser vírus ou bactérias inteiros, mortos ou atenuados, ou fragmentos dos mesmos que devem desencadear uma reacção imunitária, formando Anticorpos contra o/os agentes em causa, não provocando a doença.

As vacinas têm um elevado grau de segurança, são eficazes e SALVAM VIDAS.

O licenciamento de uma vacina baseia-se na sua qualidade, eficácia e segurança.

TIPOS DE VACINA

– Vacina Bivalente – inclui os genotipos 16 e 18;

– Vacina Tetravalente – Inclui genotipos 16, 18, 6, 11;

– Vacina Nonavalente – Inclui genotipos 16, 18, 6, 11, 31, 33, 45, 52, 58.

A que está neste momento no plano nacional é a nonavalente.

A vacinação completa implica a administração de 3 doses por via intramuscular, não sendo para já possível excluir a necessidade de reforço.

IMPORTÂNCIA DA VACINAÇÃO

Segundo os dados da OMS a vacinação contra o HPV previne:

100% cancro do colo do útero

90% condilomas genitais

88% cancro canal anal

78% neoplasia intraepitelial de alto grau

50% cancro do pénis

Na Europa, países como a Áustria, Croácia, República Checa, Itália, Suíça e Liechtenstein já implementaram programas de vacinação universais para rapazes e raparigas.

Quem se deve vacinar?

Além das pessoas incluídas no plano nacional de vacinações (PNV), os rapazes e todos homens e mulheres sexualmente activos.

 

POR: DRA. OLGA SANTOS_ GINECOLOGISTA/OBSTETRA/INFERTELIDADE