“O Convento dos Capuchos Vivo”

0
43

Visitas noturnas com figuração desvendam vivências do Convento dos Capuchos

No dia 23 de setembro, há uma oportunidade única de viajar no tempo, no Convento dos Capuchos, em Sintra.

“O Convento dos Capuchos Vivo” é uma nova experiência, realizada ambiente crepuscular e noturno, durante a qual os frades que habitaram este convento ao longo de quase 300 anos parecem regressar à vida.

Na companhia de um guia, os participantes são convidados a percorrer os espaços do convento e a descobrir as suas vivências, caracterizadas pela introspeção e pela comunhão com a natureza, a par de uma espécie de plano paralelo em que os frades, alheios à presença dos visitantes, oram e trabalham, oferecendo um vislumbre para o passado por intermédio de figuração.

Nesta visita especial, os visitantes assistem a cenas do quotidiano que são recriadas como se fossem memórias que ficaram no lugar. No fim do percurso, um chá reconfortante é o mote para um breve momento de convívio.

Estas visitas, limitadas a 15 participantes por sessão, têm a duração de 1h30m, estando disponíveis 6 horários, entre as 18h00 e as 21h00.

Os bilhetes são vendidos exclusivamente online no site da Parques de Sintra (www.parquesdesintra.pt) ao preço de 30€ para adultos (18-64 anos) e séniores (+ 65 anos). Os jovens entre os 6 e os 17 anos pagam 10€.

A nova experiência “O Convento dos Capuchos Vivo” integra a programação especial que a Parques está a promover no monumento, até dia 1 de outubro, para comemorar a recente conquista do Prémio da União Europeia para o Património Cultural / Prémio Europa Nostra 2022, que distinguiu o projeto de restauro do Convento dos Capuchos, na categoria Conservação e Reutilização Adaptativa.

Para além desta atividade, haverá visitas guiadas por técnicos das especialidades de engenharia e de conservação e restauro, que explicarão como se desenvolveu o premiado projeto de restauro do convento (“Do Musgo e da Cortiça – O Restauro do Convento dos Capuchos” – 23 e 30 de setembro); uma visita que percorre a preciosa mata relíquia que envolve esta casa conventual e que explica como os frades a ela recorriam para encontrar alimentos e remédios naturais (“A Floresta dos Frades” – 24 de setembro); e workshops de conceção de abrigos/“hotéis para insetos” e de criação de comedouros para aves, inspirados pelo modo de vida dos frades franciscanos, que sempre protegeram a natureza que os rodeava (“Oficinas para famílias no Convento dos Capuchos” – 1 de outubro).

Mais informação e aquisição de bilhetes em www.parquesdesintra.pt.