Massagem do Bebé no início da dentição

0
59

A maioria dos bebés sente dor ou incómodo quando os dentes estão a romper. Os sintomas do início de dentição podem começar a manifestar-se entre os 4 e os 6 meses. Além de dor e desconforto, o nascer dos dentes também pode trazer um acumular de tensões no rosto.

A massagem do Bebé tem uma sequência no Rosto que, com toques e pressões em determinados pontos, alivia a dor causada pelo inchaço das gengivas, ajuda a relaxar o maxilar e massaja importantes nódulos linfáticos que se encontram nessa zona.

Esta massagem local deve ser praticada antes do problema surgir, não só para que o bebé já esteja habituado a ela (nem todos os bebés gostam que lhes toquem no rosto), como possa também funcionar como prevenção. A massagem estimula a secreção de endorfinas (a hormona da felicidade) que ajudam a aliviar as dores e transmitem uma sensação de bem estar geral.

Sinais e Sintomas

Os bebés com dentes a nascer podem:

  • Chuchar nos dedos ou metê-los na boca
  • Ficar corados
  • Ter febre
  • Apresentar gengivas rubras ou inflamadas
  • Mostrar pele avermelhada na zona da fralda
  • Babar-se muito
  • Apresentar um enorme grau de irritabilidade
  • Mastigar tudo

Massagem específica para início de dentição

Para ajudar a aliviar os sintomas deste início de dentição, a massagem baseia-se em movimentos nas bochechas, nos lábios (em cima da zona das gengivas) e no maxilar.

Sorriso

Deslizar com os polegares desde o centro do lábio superior até aos cantos da boca e depois no lábio inferior, também desde o centro até aos cantos da boca, como se desenhássemos um sorriso.

Círculos na linha superior das gengivas

Colocar os polegares próximos um do outro, acima da concavidade do lábio superior do bebé. Exercer uma leve pressão enquanto se descreve, com cada dedo, um movimento circular, depois alivia-se. Vão-se repetindo ao longo do lábio superior até às orelhas.

Círculos nas bochechas

Fazer pequenos círculos pelo maxilar com as pontas dos dedos.

Círculos na linha inferior das gengivas

Repete-se o mesmo movimento da linha superior mas agora na linha inferior do maxilar, por toda a linha da gengiva até às orelhas.

Estes movimentos podem ser repetidos algumas vezes ao longo do dia.

Podemos também complementar com massajadores de gengivas ou géis que aliviam a dor, atenção a estes porque, por vezes, apresentam uma percentagem de açucar.

POR: Magda Soares – Formadora e Terapeuta

Fotos: Magali Tarouca