A influência das viagens de avião no cérebro

0
223

Um estudo realizado pelo aeroporto de Gatwick, em Londres, Inglaterra, revelou que 15% dos homens e 6% das mulheres afirmaram ficar mais emotivos quando veem um filme durante um voo do que se o vissem em casa. Recentemente, uma grande companhia aérea chegou a emitir um alerta para advertir os clientes sobre as consequências do entretenimento a bordo. Há cada vez mais evidências de que o ato de voar deixa as emoções mais à flor da pele e afeta outras áreas. Jochen Hinkelbein, presidente da Sociedade Alemã de Medicina Aeroespacial e diretor-assistente de medicina de emergência na Universidade de Colónia, na Alemanha, tem vindo a estudar as reações do corpo durante um voo.

(Leia os nossos artigos na integra na 11ªEdição Miúdos&Graúdos impressa Capa Fevereiro em banca)