Conselhos e dicas para um Natal saudável

0
51

O Natal aproxima-se e com ele as tradições alimentares características desta quadra. Esta é, habitualmente, comemorada em torno de uma mesa recheada de deliciosas iguarias, estando muito associada à ingestão excessiva de gorduras e açúcares.

O Natal faz parte da nossa cultura, não sendo, por isso, motivo de preocupação o consumo de um doce típico. Sabemos, contudo, que, por vezes, o Natal não se limita aos dias 24 e 25 de Dezembro, estendendo-se aos dias anteriores e posteriores. Assim, é importante termos consciência no momento das refeições. É neste sentido, que a Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa lhe deixa algumas sugestões que poderão fazer a diferença para um Natal mais saudável:

  • Proporcione aos seus filhos refeições equilibradas e habituais nesta quadra, evitando que passem os dias a comer doces.
  • Evite os excessos alimentares e não ofereça doces se as crianças não pedirem, podendo os brinquedos ser uma opção de entretimento.
  • Insista para que comam fruta antes dos doces, diminuindo, assim, a sua ingestão.
  • As ofertas dos chocolates podem ser guardadas para uma outra ocasião, pode, ainda, partilhá-los com amigos ou familiares.
  • Ofereça sempre às crianças uma sopa de legumes como início da refeição – ótima estratégia para reduzir a ingestão de entradas, pão e, ainda, a gula para os doces.
  • A preparação de doces em casa permite-nos alterar as receitas, tornando-as mais saudáveis, o que não significa que devam ser consumidos sem controlo. Sugerimos algumas trocas inteligentes, que pode realizar para diminuir o seu valor calórico, açúcar e gordura. Prefira os produtos light ou magros, como leite magro, natas light/natas de soja light, iogurte natural magro, requeijão light, leite condensado light, açúcar light e adoçante em pó, fruta para adoçar, creme vegetal ou manteiga magra e cacau magro. Estas alterações farão uma grande diferença na quantidade total de calorias ingeridas.
  • No dia da consoada e na manhã seguinte, junte a família e as crianças e inicie com um bom passeio a pé ou de bicicleta.
  • Por último, não prolongue o Natal até ao dia de Ano Novo. Volte a uma rotina de estabilidade e equilíbrio alimentar no dia 26.

 

Seguem-se alguns dos doces mais consumidos na consoada e a quantidade de açúcares e gordura que cada porção contém. Utilizámos como medida de comparação 1 pacote de açúcar (7g) e 1 colher de sobremesa de óleo (8g).

DocePacotes de açúcarColheres de sobremesa de óleo
Bolo-rei (1 Fatia)3.51.6
Bolo Rainha (1 Fatia)3.71.7
Sonhos (3 Unidades)24.2
Rabanadas (1 Fatia)2.21.4
Aletria (1 Dose)7.61.3
Tronco de Natal (1 Fatia)4.42

Receita de bolachinhas natalícias

Ingredientes:

  • 200g de farinha aveia
  • 50g de farinha coco
  • 1 Colher de sopa de cacau magro em pó
  • 1 Colher de chá de fermento
  • Pitada de sal
  • 100mL leite magro ou bebida vegetal
  • 120g puré de tâmaras
  • 50g melaço/mel
  • 10g azeite
  • 1 Colher de sopa de aroma baunilha

Modo de preparação: Pré-aquecer o forno a 180°C. Numa taça, adicione os ingredientes secos e misture-os. Junte ao preparado anterior os ingredientes húmidos e misture-os até obter uma massa homogénea e densa. Divida a massa e faça 20-22 bolinhas, achatando em forma de bolacha. Estenda num tabuleiro de forno e coloque-o no forno durante 7-10min. Retire as bolachas quando estiverem douradas e deixe-as arrefecer à temperatura ambiente.

POR: Ana Rita Lopes,

Coordenadora da Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa