Chás para a hipertensão 

0
200
Cheerful senior couple having tea in cafe

Apesar de o problema da tensão alta na terceira idade dever ser acompanhado clinicamente, em casa, pode ajudar à prevenção com uma alimentação ajustada e bebendo infusões que vão ajudar no tratamento.

De acordo com vários estudos, estima-se que a nível da Europa, 30-45% da população tem hipertensão arterial e, segundo a Sociedade Portuguesa de Hipertensão, Portugal não é exceção a estes números. 

Recorde-se que os doentes com tensão alta têm um maior risco de morte ou desenvolvimento de determinadas patologias, como a insuficiência cardíaca, acidentes vasculares cerebrais (AVC), enfarte do miocárdio, insuficiência renal, perda gradual da visão, esclerose das artérias, entre outros.

A adoção de um estilo de vida saudável pode prevenir o aparecimento da doença e a sua deteção e acompanhamento precoces podem reduzir o risco de vir a desenvolver estas patologias.

Tenha em atenção que, ao nível da alimentação, por exemplo, deve evitar alimentos muito gordurosos e com sal. Em casa, pode fazer chás que ajudam a baixar a tensão, e são esses que partilhamos nesta edição, ressalvando que estas indicações não dispensam o adequado acompanhamento médico.

Para qualquer um destes chás, a dose recomendada é de uma chávena por dia e não devem nunca substituir os medicamentos receitados pelo seu médico. Para beber qualquer outro tipo de chá, por exemplo, os de saqueta que se vendem no supermercado, opte sempre pelos calmantes e sem teína. 

Chá de alho 

Sendo rico em antioxidantes, o alho promove a produção de óxido nítrico, um potente vasodilatador que vai melhorar a circulação sanguínea.

Por isso, este chá vai ter um papel importante para quem tem tensão alta, promovendo esse relaxamento dos vasos sanguíneos e, consequentemente, fazendo reduzir a pressão nas artérias.

Em uma panela de chá, coloque dois dentes de alho amassados para 300 ml de água. Deixe ferver por 10 minutos. Depois é só coar e beber. Coloque dois dentes de alho esmagados em 300 ml de água e deixe ferver durante cerca de 10 minutos. No final, coe e beba. 

Chá de hibisco

O hibisco possui propriedades diuréticas e por isso vai ajudar a baixar a tensão. O organismo vai eliminar os líquidos em excesso, facilitando o processo de bombeamento de sangue no corpo.

Para fazer chá de hibisco, ponha ao lume 200ml de água. Quando esta ferver, retire o tacho do fogão e adicione uma colher de chá de hibisco seco. Tape e deixe em infusão durante cerca de três a cinco minutos. Depois é só coar e beber. 

Chá de erva cidreira

O chá de erva cidreira é um dos mais consumidos em Portugal. Conhecido pelas suas propriedades calmantes, pode ajudar a baixar a tensão, principalmente se esta se elevar por questões nervosas.

O óleo essencial contido na erva cidreira tem efeitos nos canais de cálcio e pode induzir a vasodilatação, ao ser capaz de promover diminuição da frequência cardíaca. Ferva 200ml de água, coloque cerca de cinco folhas de erva cidreira e deixe abafado com um pano, por exemplo, entre cinco a dez minutos. Coe e está pronto a consumir.

Chá de cavalinha

A cavalinha, à semelhança do hibisco, também possui fortes propriedades diuréticas, que auxiliam na eliminação do excesso de líquidos no organismo. Ou seja, o coração vai fazer menos esforço para bombear o sangue a a tensão arterial reduz.

Porém, os nutricionistas alertam para o consumo moderado do chá de cavalinha. Não pode bebê-lo em muita quantidade nem durante muito tempo porque favorece a perda de minerais importantes no organismo.

Também não é indicado para pessoas que apresentam insuficiência cardíaca e doenças renais. Para fazer este chá, ferva 200 ml de água. Desligue o lume e adicione uma colher de sopa de cavalinha desidratada. Tape e deixe abafado por dez minutos. Coe e beba logo em seguida.