A 20 de outubro o Dia Mundial de Combate ao Bullying

0
64
Ilustração Eu Falo Como um Rio Ed. Fábula de Jordan Scott e Sydney Smith

A Fábula, a Booksmile e a Lilliput sugerem cinco leituras que nos interpelam sobre esta temática

Podem ser lidas autonomamente pelas crianças e jovens, mas também em família, na escola e na comunidade, como base para suscitar o diálogo acerca de uma matéria difícil de abordar com sensibilidade e justiça.

Em comum, todas estas histórias apresentam personagens que procuram o seu lugar no mundo e reivindicam o direito a serem aceites tal como são.

O leão Leonardo não se identifica com os comportamentos agressivos habitualmente esperados da sua espécie, preferindo dedicar-se à poesia e fazer amizade com uma pata. Um menino sofre com as dificuldades causadas pela sua gaguez e luta com as palavras, até que o pai lhe mostra como os sobressaltos do seu discurso são tão belos como o fluxo das águas do rio.

Leo é um menino com síndrome de Asperger que encontra num polvo fêmea alguém capaz de o compreender. Há um Pato que não gosta de água, mas isso não o impede de travar amizade com o Sapo, que adora chapinhar.

Por fim, e para leitores mais crescidos, um extraordinário romance de Jason Reynolds, embaixador norte-americano para a literatura juvenil, que cruza dez histórias sobre jovens no seu caminho para casa, sendo o bullying um dos temas tratados.